31 maio, 2009

Baixaram a bola!




Fui escalada para cobrir a decisão do Capixabão 2009 entre Rio Branco e São Mateus. Final? Eu disse final de futebol? Nos primeiros minutos do que seria um jogo de futebol percebi que podia estar no evento errado. Quando o time alvinegro chegou, encontrou o vestiário fechado e ameaçou sair do estádio. Entraram em campo atrasados cerca de 10 minutos. Isto é, já chegaram estressados. Tudo bem que isso envolve a vontade de ganhar. Mas, a definição de um jogo inclui bola e não socos.
Porém, o que se viu no Sernamby foi um show de "vale tudo na grama". Quem vai a um evento de vale tudo sabe que vai encontrar porrada, sangue...Entretanto, quem vai ver futebol, espera belos lances, gols, comemorações regadas de emoção...torcida animada (apesar de nem sempre ser assim). Tudo que eu disse aqui não é novidade.

Fiquei chateada por correr, e muito, atrás de briga dentro de campo. Não eram só jogadores trocando agressões, praticamente todos colaboradores dos times entraram no "ringue". Qualquer situação era motivo para bate boca. Não lembro do jogo seguir mais de 20 minutos sem um estresse. O segundo tempo não existiu, o ringue coletivo se armou e, sinceramente, eu não sabia qual briga fotografar. Para cada lado que eu olhava tinha uma briga. Era médico sendo empurrado, técnico caindo sem explicação, tinha de tudo!

A cena que mais chamou atenção foi a do jogador alvinegro Humberto dando uma rasteira em uma pessoa do grupo do São Mateus. Ele perseguiu o rapaz até ele cair, de cabeça, no pé de um fotógrafo. Depois, conferindo as fotos, de outras discussões, percebi os dois correndo um atrás do outro. Parecia pega-pega. Antes fosse! Rs

A torcida nem se encarou, como era mais esperado. Os jogadores não deram chance. Sim, já sabíamos que seria uma disputa tensa, mas não sem a comemoração do título, a ponto da definição ter que partir da Federação. Cobri a primeira final e a tensão era explícita, também em campo.
Não entendi, e prefiro ficar sem entender o desequilíbrio que virou "show" no Sernamby nesse sábado. "Baixaram a bola da bola". Na próxima, deviam levar luvas de boxe e organizar a baixaria.
No fim, eles ainda se sentiram vencedores e conseguiram comemorar. Comemorar o que?

Na última postagem sobre futebol eu falei da "torcida fiel". Os fiéis estavam lá. E foram traídos!

© Jussara Martins 2009

2 comentários:

CHarles Santos disse...

Foi um espetáculo dos horrores!
Quase que fiz uma aposta pra ver quem ganhava o fight!

CHarles Santos

Matheus Thebaldi disse...

Caraca Jussara,

sobreviveu à batalha campal. Meus parabéns por sua cobertura. Tanto empenho foi reconhecido em A Tribuna e, por mérito, você levou o "prêmio" de melhor foto da semana. Muito legal mesmo. Ainda bem que você foi persistente. Fiquei arrependido de não ter ido ao ringue, mas, ao mesmo tempo, achei muito engraçado (tô zuando) ficar vendo você correndo pra lá e pra cá nas imagens de televisão. Hehehehe. Isso é que é fotógrafa que corre atrás do flagrante. Ainda bem que você saiu ilesa da luta livre. Foi um golpe ainda mais pesado para que o futebol capixaba fosse boxeado para o fundo do poço. Um abraço